🚀  Buscando inspiração, motivação e muito conhecimento?

NÃO SIM!

Apoiadores:


Giro

SXSW 2019: highlights do maior festival multicultural do mundo

Confira as previsões do futuro e as startups que conquistaram o mainstream no SXSW 2019, festival multicultural que reuniu mais de 80 mil pessoas esse ano.

Imagine um turbilhão de 10 dias e 80.000 espectadores em exibições de filmes, palestras, vitrines, exposições, networking, arte, shows, competições, pitches, prêmios e muito mais. Esse foi o SXSW 2019 – o South by Southwest.

Realizado em uma das cidades mais descoladas do Texas, em Austin, todos os anos, sempre no mês de março, o evento acontece sempre em março por conta do Spring Break, quando os universitários americanos têm uma semana livre para celebrar o início  da primavera. 

Se você não está familiarizado com o SXSW, saiba que ele é, basicamente, um monte de palestras e eventos rolando ao mesmo tempo.

Só para você ter uma ideia esse ano foram mais de 700 shows e apresentações gratuitos, além de 2.000 palestras sobre temas como inovação em mídia, tendências tecnológicas, interatividade, comportamento, música e consumo. 

Impossível listar todos os super convidados do evento, mas entre eles estavam a atriz Olivia Wilde, o rapper A$AP Rocky, o criador da série Westworld, Jonathan Nolan, a diretora de conteúdo do Spotify, Dawn Ostroff, os cofundadores do Instagram, Mike Krieger e Kevin Systrom, e muitos outros.

Falando nisso, em sua primeira aparição no palco desde que deixaram a empresa, Kevin Systrom e Mike Krieger, fundadores do Instagram, sentaram-se com o editor do TechCrunch, Josh Constine, no SXSW 2019. 

Eles refletiram sobre suas jornadas empreendedoras, como escalaram o aplicativo popular para mais de 1 bilhões de usuários e o que eles esperam que seus legados sejam. 

Systrom e Krieger também abordaram a nova economia de influenciadores e a importância de estabelecer comunidades seguras em redes sociais, o que era uma prioridade chave para elas no Instagram. Confira a participação deles no evento.

A trajetória do SXSW

Desde que surgiu, em 1987, o SXSW já serviu de palco para grandes lançamentos de grandes startups, como UberAirbnb, e revelou artistas como The Strokes. 

Quem iniciou o movimento foi Roland Swenson, funcionário do jornal The Austin Chronicle, ao receber um convite dos organizadores do New Music Seminar, de Nova York. 

Roland Swenson - SXSW 1989
Roland Swenson criador do SXSW

Em 2001 o festival assumiu seu papel de anunciar novas tecnologias e negócios inovadores. Por isso o evento atrai tanto quem busca respostas sobre o futuro. 

De 2014 pra cá, os organizadores adicionaram um ingrediente a essa mistura. 

Além de apresentar, especialmente a partir do SXSW 2017 começou a debater profundamente o impacto dessas tecnologias e o protagonismo das pessoas e das necessidades humanas no futuro.

Entre previsões pessimistas, histórias inspiradoras e transformadoras, as pautas realistas se tornaram mais evidentes em 2019. 

Prova disso são as ideias mais visionários do mundo conectado. 

As startups premiadas no SXSW 2019

O SXSW Interactive Innovation Awards premiou as startups que mostraram o que estão fazendo, na prática, para mudar o mundo.

Além do prêmio por categorias, a grande vencedora foi a Butterfly IQ, que criou um aparelho de ultrassom portátil, de menos de US$  2 mil, que se conecta ao celular. 

A escolhida entre o público, que pôde votar em suas preferidas, foi a My Special Aflac Duck, da área de robótica. Entre as 65 finalistas, conheça as premiadas.

Cerimônia de premiação no SXSW 2019
Cerimônia de premiação do Interactive Innovation Awards no SXSW 2019

Saúde, Medicina e Biotecnologia

BUTTERFLY IQ

Aparelho de ultrassom pessoal, portátil, de baixo custo que funciona conectado ao smartphone e amplia o acesso de médicos e pacientes ao exame e seus resultados. Enquanto um equipamento tradicional custa cerca de US$ 10 mil nos Estados Unidos, o novo aparelho sai por US$ 2 mil. Dados divulgados pela startup revelam que 4,7 bilhões de pessoas no mundo não têm acesso à medicina diagnóstica por imagem.

IA e Aprendizagem Automática

IN

A startup criou um aparelho que monitora o que ocorre no quarto do paciente, em hospitais e clínicas, com o objetivo de reduzir os casos de negligência e contribuir para atendimento mais eficiente e seguro, com base em Inteligência Artificial.

Robótica e Hardware

MY SPECIAL AFLAC DUCK

Robô social e interativo desenvolvido para ajudar crianças a lidar com câncer. A ideia é que o dispositivo possa ajuda a explicar aos pacientes o que está acontecendo e confortá-los durante o tratamento.

Impacto social e cultural

AIRA

Com óculos inteligentes ou um smartphone, deficientes visuais de qualquer lugar podem entrar em contato, instantaneamente, um agente humano remoto que irá descrever o que está no ambiente.

Música e áudio

NURA

Usando machine learning, o fone de ouvido se adapta às preferências e à audição de cada usuário, ou seja, ele aprende a forma como cada um de nós escuta o som e adapta o aúdio aos nossos ouvidos, prometendo uma experiência sonora ultra personalizada.

Nova economia

CLEARME

Sistema de pagamento que identifica as pessoas pelo olhar e digitais, tornando o movimento e o acesso em locais de grande circulação mais seguro, agilizando as compras e também a entrada em aeroportos, estádios, prédios comerciais e residenciais.

Outras vencedoras que merecem um Google:

PAPERLESS

Projeto de Dubai que pretende eliminar completamente o uso de papel, o que significa deixar de usar 1 bilhão de folhas de papel.

ARGUS

Plantas com nanosensores que indicam a presença de metais pesados e outras substâncias tóxicas na água.

EARGO 

Aparelho auditivo menor que os convencionais e praticamente invisível. O dispositivo é recarregável, o que dispensa a troca de baterias.

HBO’S SXS WESTWORLD

Ativação da série do HBO Westworld no SXSW 2018. Os visitantes podiam andar livremente pelo parque e interagir com anfitriões digitais.

FUNDAMENTAL VR

Simulador que imita a imagem e som de cirurgias, permitindo que médicos e estudantes pratiquem e testem procedimentos de qualquer lugar do mundo.

THE LIVING FIRST LANGUAGE PLATFORM

App que permite às comunidades indígenas documentar suas próprias línguas, facilitando a preservação desse conhecimento.

9 previsões do SXSW para o futuro

1. Inteligência Artificial: China

Até 2030, a China deverá ser o maior centro global de inovações em Inteligência Artificial, impulsionada por três das 10 maiores empresas de tecnologia do planeta: Alibaba, Baidu e Tencent.

2. Transporte: Carros voadores

O desenvolvimento de protótipos de carros voadores vai provar, nos próximos cinco anos, que o hardware para os modelos é viável. O Uber mostrou que, em 2030, uma pessoa poderá fazer o trajeto de São Paulo a Campinas, em 18 minutos, pagando R$ 100.

3. Robótica: Homem x máquina

Startups como NextMind, Neurable e Trimble apresentaram projetos de interfaces não invasivas para o cérebro testadas, inicialmente, nas áreas de games e transporte.

4. Cannabis: Infusão e bebidas

Deve crescer o uso comercial da erva, a partir da matéria-prima CBD, uma parte da maconha sem efeitos psicoativos, capaz de reduzir a dor e promover o relaxamento muscular. Um mercado potencialmente promissor é o de bebidas e chás.

5. Agricultura: Fazendas inteligentes

Pesquisadores estão transformando grandes fazendas com inteligência artificial e automação em resposta à projeção de que, até 2050, a indústria de alimentos precisará dobrar a produção para atender à população. Bom momento para as AgTechs.

6. Saúde: Detox digital

Deve aumentar ainda mais o debate sobre a importância da desconexão e como o uso excessivo de objetos conectados pode influenciar, de forma negativa, a saúde física e mental das pessoas.

7. Mídia: Economia da atenção

Grupos de mídia e agências de publicidade vão expandir o olhar sobre os insights e criarão novos formatos de medição de resultados. Deveremos ver um maior número de publishers criando modelos que tragam mais transparência para os dados de audiência.

8. Entretenimento: Realidade mista

Com a maturidade da tecnologia de mixed reality, que integra as realidades aumentada e virtual, deveremos ver uma expansão ainda maior deste mercado, impulsionando também os negócios para headsets e consoles. A plataforma Stadia, do Google, é a prova disso.

9. Marketing: Conexões offline

Com o avanço da Internet das Coisas, a oferta de conteúdo offline promete ser uma forma de manter, pelo menos em médio prazo, conexões relevantes e significativas entre marcas e pessoas, como já faz Netflix, Youtube e Amazon Prime.

Deu pra perceber que SXSW 2019 é uma oportunidade gigante para explorar, aprender, descobrir e sair inspirado.

Se você está afim de participar, pode começar a planejar: a próxima edição do SXSW será de 13 a 22 de março de 2020 em Austin, Texas.

Partiu?!

Fonte: Relatório SXSW Insights 2019 – GoAd Media

mm
Autor

Adoro escrever e dar pitaco sobre tudo, mas tenho carinho por assuntos que ajudam empreendedores, assim como eu, a serem melhores. Jornalista e cofundadora da Rulez.

Write A Comment