🚀  Buscando inspiração, motivação e muito conhecimento?

NÃO SIM!
Brainsharing

3 dicas para não boicotar os princípios da segurança da informação

Os princípios da segurança da informação são valiosos em qualquer empresa. Se usados de forma estratégica na gestão evita o vazamento de dados importantes.

Apresentado por:

Oguini Consultoria e Inovação

Estamos vivenciando o século da informação.

A todo momento somos bombardeados por todos os lados.

Por isso, os princípios da segurança da informação são tão valiosos para proteger os dados de pessoas e empresas.

Grande parcela de arquivos empresariais está armazenada em nuvem e, portanto, pode ser acessada por pessoas mal intencionadas que querem destruir a reputação de organizações, vazando ou roubando informações e dados.

Diante de ameaças que podem causar grandes danos, investir na implantação de soluções de proteção da informação se tornou um investimento para a área de sistemas da informação cada vez mais indispensável. 

Por isso hoje vamos apresentar algumas medidas que devem ser tomadas no que se refere à proteção de dados e como devem ser implantadas em sua empresa. 

→ LGPD: saiba tudo sobre a Lei Geral de Proteção de Dados 

O que é segurança da informação?

A segurança da informação pode ser entendida como um mecanismo de ações que protegem um arquivo de dados que representam grande valor para a empresa e, em hipótese alguma, podem ser acessados por pessoas não autorizadas.

A segurança da informação, bem como a constatação da eficácia do sistema, é primordial para qualquer tipo de empresa e auxilia diretamente no trabalho do setor de TI (Tecnologia da Informação).

Devemos pensar a segurança da informação como parte da estratégia das organizações, uma vez que o ativo informação ganha cada vez mais relevância.

Trata-se da proteção dos dados confidenciais de empresas que podem afetar diretamente o bom andamento dos negócios, caso ocorra um vazamento ou extravio.

Quando se atesta a eficácia na implementação dos fundamentos de segurança da informação, é possível evitar cibercrimes contra empresas, sequestro de dados e informações, falhas tecnológicas, além de reparar erros humanos, por menores que sejam.

Por questões como essas, é de extrema importância que a direção da empresa entenda o quanto é importante investir em segurança da informação para identificar as melhores  técnicas a serem utilizadas para manter o negócio sempre seguro.

Em contrapartida, as equipes de segurança da informação precisam se manter sempre atualizadas para evitar incidentes de segurança da informação.

Os princípios da segurança da informação

A fim de manter a empresa segura contra ameaças, seja de natureza interna ou externa, é preciso entender que alguns pontos básicos são essenciais em qualquer organização.

Conheça o tripé da segurança da informação:

Confidencialidade

Confidencialidade - um dos princípios da segurança da informação

Somente pessoas autorizadas tem acesso às informações.

Por meio da confidencialidade é possível limitar o acesso a inúmeras informações e dados que a empresa possui.

O principal meio de garantir isso é criar formatos de autenticação e monitorar quem tem acesso aos arquivos.

Sem esse princípio básico, as organizações se tornam alvos fáceis de ataques cibernéticos, extravio de informações sigilosas e até do uso de dados pessoais dos clientes, ocasionando grande prejuízo financeiro.

Sem esse princípio básico, as organizações se tornam alvos fáceis de ataques cibernéticos, extravio de informações sigilosas e até do uso de dados pessoais dos clientes, ocasionando grande prejuízo financeiro.

Integridade

Integridade - um dos princípios da segurança da informação

Entende-se como integridade o cuidado com as condições iniciais das informações.

Ou seja, manter a ideia inicial de que os dados não sofrerão nenhuma alteração, podendo ser acessados e editados somente por pessoas autorizadas, sendo possível recuperar informações danificadas ou perdidas no sistema.

Disponibilidade

Disponibilidade - um dos princípios da segurança da informação

Os dados e as informações empresariais devem estar protegidos e disponíveis para pessoas autorizadas.

Este princípio atesta a eficácia do sistema e do bom funcionamento de rede ao colocar a prova se é possível ter acesso aos documentos em qualquer lugar.

Agora que você conheceu os princípios da segurança da informação, talvez esteja se fazendo alguma dessas perguntas:

  • O quanto eu preciso disso na minha empresa?
  • O que acontece se eu não fazer nada?
  • Como colocar em prática?

Fica tranquilo, vamos responder todas para você!

Qual a importância da segurança da informação para empresas?

O Brasil está vulnerável a ataques cibernéticos, isso porque estamos ocupando o segundo lugar entre todos os países que mais sofrem com crimes na área de tecnologia.

Perdemos somente para a China, que já acumula prejuízos de US$ 22 bilhões.

Exemplos de cibercrimes não faltam, mas um entre eles tem chamado atenção pelo seu crescimento exponencial.

É o sequestro de dados e informações, conhecido como ataques ransomware, além dos DDos, ataques que deixam as informações indisponíveis, entre outros.

É comum empresas possuírem (e guardarem a sete chaves) informações sobre a concorrência, novos produtos e serviços, movimentação do mercado, entre outras.

Cientes disso, cibercriminosos invadem sistemas e acessam todas essas informações, com o intuito de vendê-las

Diante desse cenário, é preciso se prevenir e investir em sistemas de proteção para a informação, com o objetivo de evitar pagar um preço alto para reparar esses danos.

Para tornar a sua organização mais segura é preciso desenvolver um planejamento e garantir a implementação de melhores práticas de segurança da informação para proteger um dos ativos mais importantes das organizações na atualidade.

O que acontece se você não investir em segurança da informação?

Quando a empresa não investe em um sistema de segurança da informação ou adquire uma solução de segunda linha, que não é tão segura assim, as consequências podem ser caóticas, em vários níveis. 

Uma delas é o bloqueio do acesso aos dados da empresa, que podem ficar inacessíveis por dias.

Já imaginou?! 

Além de dores de cabeça com vazamento de dados, que podem resultar em fraudes bancárias, sequestros de dados, ataques cibernéticos, roubo de senhas, entre outros problemas sérios que deixam sua empresa vulnerável.

3 dicas para garantir os princípios da segurança da informação

Não pense que é só implementar as normas de segurança da informação e pronto!

É preciso se certificar que tudo está protegido.

Para que isso aconteça listamos 3 dicas de como você pode melhorar o sistema da segurança de informação da sua empresa.

1 – Fique dê olho no que há de novo na área de segurança da informação

A Tecnologia da Informação é muito volátil, tudo muda o tempo todo e profissionais da área precisam estar atentos a essas novidades do mercado.

Mas, atenção para não abrir a porta para inimigos! 

Cibercriminosos criam sistemas para se infiltrar em empresas, por isso, primeiro verifique a procedência do serviço que está adquirindo para manter suas informações protegidas.

2 – Mantenha softwares e drives atualizados

A porta de entrada principal de ataques de hackers é justamente por falhas identificadas em softwares e em sistemas operacionais.

Por isso, os fornecedores destes sistemas estão sempre atualizando as versões, para corrigir falhas que tornam os softwares mais seguros.

Então não adianta de nada esse esforço se os profissionais de TI não atualizarem regularmente os sistemas da empresa. Desta forma, os dispositivos continuam desprotegidos e a mercê dos cibercriminosos.

3 – Estabeleça normas de segurança da informação na empresa

É preciso ter em mente que todos os colaboradores estão inseridos no processo de segurança da informação e quando acessam os dados da empresa podem facilitar a entrada dos hackers. 

Diante dessa situação, deve-se estabelecer normas de conduta e processos de segurança da informação que devem ser seguidos por todos os funcionários da empresa. 

Com essa atitude, a empresa diminui o risco de ataques cibernéticos ou falhas que deixam os arquivos vulneráveis.

Proteção de dados tem a ver com uma boa gestão empresarial, por isso é tão importante levar os princípios da segurança da informação a sério.

Espero que nossas dicas tenham te ajudado e se ficou alguma dúvida, chama a gente nos comentários que será um prazer continuar essa conversa!

Até a próxima!

mm
Autor

Adoro escrever e dar pitaco sobre tudo, mas tenho carinho por assuntos que ajudam empreendedores, assim como eu, a serem melhores. Jornalista e cofundadora da Rulez.

Write A Comment